Arquivos Educação Financeira - Página 2 de 5 - Yours Bank
A importância de criar objetivos para a educação financeira.

A importância de criar objetivos para a educação financeira.

Antes de começar a falar sobre objetivos, reflita sobre essas questões:

  1. Você costuma ter objetivos claros em sua vida?
  2. Você sabe para onde está indo e onde você quer chegar?
  3. Você cria o seu próprio caminho ou é levado pelo vento?

Você já deve ter assistido ao filme “Alice no País das Maravilhas”, da Disney, principalmente a animação de 1951. A história é sobre uma menina que corre atrás de um coelho e atravessa um portal para um mundo mágico! Logo na sua chegada, ela se encontra perdida e confusa. Afinal, ela está em um lugar com vários caminhos e ela não sabe qual seguir. Ela então se encontra com Gato de Cheshire.

Alice:”Você pode me ajudar?”

Gato: “Sim, pois não.”

Alice:”Para onde vai essa estrada?”

Gato:”Para onde você quer ir?”

Alice:”Eu não sei, estou perdida.”

Gato: “Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.”

Esse é um grande ensinamento. 

Saber para onde se quer ir é muito importante. Pois sem saber para onde ir, qualquer caminho serve. Só sabendo para onde ir, você pode se planejar. 

E você, já decidiu para onde quer ir?

Se ainda não:

Primeiro decida onde você quer chegar!

Coloque aquela música que gere gatilho para sua criatividade e escreva, em um papel ou em seu celular, o seu objetivo maior. Onde você quer estar daqui a 10 anos? Por exemplo, onde você quer morar? Quem você quer que esteja com você? Qual será a sua profissão? Quanto você quer ganhar? Quanto você terá em sua conta de investimentos? Enfim, pense sobre o que você quer estar vivendo!

Decidiu?

Se sim, agora tudo passa a ficar mais fácil. As pequenas decisões do dia-a-dia são tomadas com base em seu objetivo maior! Agora, vale a pena guardar aquele dinheiro do lanche, se o seu objetivo é fazer aquela viagem daqui a algum tempo.

Os “nãos” que você tem que dizer passam a fazer sentido. Tudo por um bem maior!

O princípio: Para guardar, tenha um propósito.

Para economizar, você precisa ter um propósito maior. Se não o tiver, fica difícil. 

E não haverá tantos deslizes como acontece naquele domingo após semanas de dieta. Afinal, somos humanos e tendemos a nos presentear todo o tempo, e por vezes perdemos o olhar no que queremos para o futuro. Por esse motivo, a maioria das pessoas tem dificuldade em guardar dinheiro e acabam gastando mais do que ganham.

Sete em cada dez brasileiros estão endividados, e isso se dá devido à grande possibilidade de tudo passar para o crédito. Pegar crédito é mais fácil do que economizar. Afinal, jogamos a responsabilidade para o EU DO FUTURO e deixamos de aproveitar as conquistas que poderíamos ter construído.

Com um propósito claro você passa a fazer aquele investimento mensal pensando no futuro! Com objetivos, você tem uma direção e se sentirá ainda mais motivado em abrir mão do hoje, para poder realizar o seu grande sonho amanhã!

Entendeu?

Tenha objetivos claros para o seu futuro, isso lhe ajudará a tomar decisões hoje baseadas no que é melhor para você amanhã.

Como funciona no YOURS?

Entendemos que o aprendizado começa desde cedo, por isso, já ajudamos nossos usuários a criar objetivos em nosso aplicativo.

Para criar um objetivo é simples.

  1. O filho entra em seu app;
  2. Clica em OBJETIVOS;
  3. Dê um NOME para o seu objetivo;
  4. Define um VALOR TOTAL;
  5. Pronto! Está feito!

Leia mais:

O QUE É O PIX?

Para que serve um cartão virtual do YOURS?

Tenho menos de 18 anos, posso fazer um cartão de crédito?

O QUE É O PIX?

O QUE É O PIX?

Ainda no ano passado, em 2020, aquele ano que não aconteceu, o Banco Central achando que boleto, ted e doc estava muito cringe, resolveu lançar um novo meio para pagamento. 

O lindão do PIX.

E todos nós curtimos, afinal, o que seria da nossa vida sem ele?

Ele começou a funcionar em 16 de novembro e permite transferências instantâneas, TRANSFERIU…CHEGOU, rapidão mesmo. Leva no máximo alguns segundos.

Além de ser rápido, ele funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Dá para pagar o lanche, o corte de cabelo e até o card do game com ele. Serve para tudo. E todo mundo já está aceitando.

E isso é tudo de bom. Já que a gente não precisa mais esperar os 2 dias para compensar o boleto e TEDs que podem entrar só no dia seguinte. 

O Banco Central deu o nome de Pix, porque o termo lembra tecnologia, transações e pixels. O Pix. E, não,não é uma sigla, esse é o nome dele mesmo.

DIFERENÇA DE PIX E OUTROS MEIOS DE PAGAMENTO

Qual a diferença entre o Pix e os outros? O PIX É TUDOOOOOOO.

Ele é muito mais rápido e não possui restrições quanto a dias e horários.

Por um bom tempo, transferências entre contas bancárias só poderiam ser feitas por TEDs ou DOCs. Pagamentos de contas eram feitos por boletos, transações físicas, por cartões ou com dinheiro vivo. O Pix serve para todos os tipos de transações acima. 

O que mudou é que essas modalidades deixaram de ser as únicas possibilidades. O Pix passou a ser uma alternativa, um outro meio para transferir dinheiro de maneira rápida e barata. 

Preparamos uma tabela abaixo para você poder comparar o serviço.

Meio de PagamentoTempo CustoContraponto
Ted / DocPode levar até 03 dias para compensar.Os custos podem chegar até R$ 20,00 por transação.É bastante burocrático e só pode ser feito durante alguns horários nos dias da semana.
BoletoPode levar até 03 dias para compensar.O custo do boleto fica em torno de R$ 2,00.É cringe e ninguém mais gosta dele.
Cartão de crédito / débitoCompensa na hora.O estabelecimento que recebe paga uma taxa entre 1% e 12%.Você precisa ter um cartão e muitos deles ainda cobram taxas mensais.
Dinheiro vivoCompensa na hora.Sem custo.Você pode ser roubado.
PixCompensa na hora.Sem custo.É seguro. É rápido. É gratuito.

Viu, ele é muito melhor que os outros “benhê”.

Fonte: BCB

QUAIS OS TIPOS DE CHAVE PIX?

Se você já teve que fazer uma transferência, teve que lembrar ou anotar o código do banco, número da agência e o CPF ou CNPJ para poder completar a transação. Tudo muito burocrático. Com o Pix você só precisa da chave. A chave Pix é o “apelido” no sistema para entender de quem é esse pagamento. Funciona como @ de alguém no Instagram.

E cada pessoa pode criar a sua chave Pix, pode registrar até cinco chaves por conta, que podem ser: 

  • CPF;
  • Número de telefone;
  • E-mail;
  • Combinação aleatória.

E a galera parece que gosta de usar o CPF e a chave aleatória, essa é a mais usada.

Dados: BCB

Vale lembrar que a chave que você criar em um banco não pode ser utilizada em outro. 

USO DO PIX NO BRASIL

O Pix veio e parece que chegou para ficar. O brasileiro gostou, gostou tanto que está usando sem parar.

Fonte: BCB

Alguns dizem que o aumento do Pix foi por conta do Covid-19, muitas pessoas passaram a ver no dinheiro em espécie o risco de contaminação. 

O Pix no Brasil cresceu tanto que já passou dos meios de pagamento como TED e DOC. Parece estar perto de passar compras por cartão de crédito e débito, e esse é um fato histórico.

Muitos desbancarizados passaram a ver no Pix uso real. E acredita-se ser o maior programa de bancarização do país.

MAS, O PIX É SEGURO?

Sim, e muito… ele possui o mesmo sistema de segurança que outras transações bancárias! Além das camadas de seguranças dos bancos, ele também utiliza a segurança dos próprios apps, como senhas e biometria. 

A única diferença é que, em vez de passar todos os dados bancários para receber uma transação, você pode passar apenas um dado: a chave Pix. 

Para garantir, antes da pessoa confirmar a transação, o sistema do Pix mostra os dados de quem está recebendo, para confirmar que o dinheiro está indo para o lugar certo.

E NO YOURS, TEM PIX?

Mas é claro meu jovem. Como não teríamos?

Para usar é simples, basta ter uma conta conosco. Lembrando, é gratuita. Isso mesmo, você não paga nada por isso.

Com a conta criada, é só entrar no menu inicial e clicar em PIX.

Lá você poderá:

  • Enviar um Pix;
  • Escanear um QR Code para pagamento;
  • Receber Pix;
  • Acessar as suas Chaves.

Então bora? Crie uma chave e já comece a utilizar. 24 horas por dia, 7 dias por semana. E, eu já falei que é gratuito?

Já baixou o Yours Bank? Se não, comece hoje a sua liberdade financeira:

Para que serve um cartão virtual do YOURS?

Para que serve um cartão virtual do YOURS?

Um cartão virtual é como se fosse o seu cartão de crédito físico, só que ele não existe. Por isso se chama de cartão virtual. Entendeu?

Mas isso você já sabia, claro!

Ele é um cartão feito na hora para você, que e utilizado para fazer compras em lojas online de uma maneira mais segura. Criamos um cartão, na hora, para você utilizar. Simples, rápido e seguro.

A diferença do cartão virtual para o físico é que a sua vida é temporária. Ele deixa de existir após um período de tempo, isso aumenta a sua segurança para golpes com o número do seu cartão. Após expirar, você pode gerar um novo cartão virtual, com um novo número e poderá o utilizar normalmente. 

Vale lembrar que o cartão virtual não pode ser passado na maquininha física, para isso você ainda precisa do cartão físico.

Como fazer um cartão virtual no YOURS Bank?

Você precisa ter o app baixado e o cadastro feito. Tendo isso pronto. Você deve:

  1. Você deverá logar no app;
  2. No menu inicial, clique no botão CARTÃO VIRTUAL;
  3. Digite a sua senha de acesso;
  4. Seu cartão já está criado, basta clicar no ícone de copiar ao lado do número para poder utilizar em compras online.

Já fez as suas compras?

Agora você pode EXCLUIR ou BLOQUEAR o cartão. E poderá gerar outro sempre que quiser.

Já falei que esse serviço é GRATUITO? Sim, você não paga nada por isso.

Mais autonomia, comodidade e segurança para você.

Dicas de como economizar e se planejar para fazer aquela viagem

Dicas de como economizar e se planejar para fazer aquela viagem

Viajar sempre é sinônimo de alegria, é um momento de festejar, criar lembranças inesquecíveis e acima de tudo: viajar é planejamento! Mas como aproveitar muito sem gastar tanto?

Para isso, separamos algumas dicas que farão sua viagem nas férias, nos feriados e nos finais de semana renderem muito mais divertimentos sem muito custo!
Primeiramente crie um planejamento do orçamento para a viagem:

Pense em todos os gastos que pode ter, desde o transporte até hospedagem. É importante que mensure o que gastará com compras extras além dos gastos com alimentação. Separe um valor máximo do que você pode gastar com lembrancinhas, roupas e acessórios. Também vale acrescer o valor das gorjetas – é uma taxa importante de se pensar, isso dependendo de onde se quer ir. Países como Coreia do Sul não oferecem gorjetas aos prestadores de serviços, mas já nos Estados Unidos o valor do tip é extremamente importante, o valor recomendado é de 15% a 20% do valor gasto em um restaurante, por exemplo.

Não esqueça dos documentos de identificação como RG, CPF, carteira de motorista e o passaporte.

Caso a viagem seja internacional, pesquise e conheça todas as leis sobre o visto do país. No Japão, brasileiros podem ir sem visto e ficar durante 180 dias, entretanto, existem países que apenas para visitas curtas é necessário possuir o visto. Confira, também, se sua vacinação está em dia! Existem lugares que é obrigatório possuir certas vacinas.

É sempre importante se precaver, e em viagens de longa distância a informação sempre é um fator indispensável.

Confira se precisa levar adaptador de tomadas, cadeados, se é necessário comprar outro chip de telefone e não esqueça de pesquisar como está o clima do país na época que você vai viajar. Informe-se sobre os seguros de viagem, seguros de bagagens e outras informações sobre o funcionamento da saúde pública de outros países, por exemplo, são dados extremamente relevantes.

Baixe aplicativos que comparam preços, auxiliam no controle financeiro e que facilitam sua vida financeira!

Trail Wallet que auxilia na criação do orçamento da viagem e calcula os custos durante a viagem.

O aplicativo Turo é o Airbnb dos carros, facilitando os aluguéis de carros e sendo até mais barato – é bem interessante a variedade de carros que eles possuem para alugar.

Hopper compara preços de hotéis e passagens de voos todos os dias. Sendo um super facilitador na hora das pesquisas e reservas.

Skyscanner é perfeito para aquela viagem que você deseja se surpreender com o orçamento controlado!

TripAdvisor é maravilhoso para lhe ajudar a encontrar as melhores recomendações, com avaliações de clientes e resenhas com diversos conselhos ele lhe ajuda a escolher um lugar que vá lhe agradar.

Muitos dizem que o melhor aplicativo de planejador de viagens é o TripIt que possui um itinerário super organizado para muitas das suas necessidades durante a viagem.

O aplicativo do Yours Bank auxilia na criação de metas e objetivos, assim, todo o planejamento do orçamento e economias pode ser acompanhado por lá!

Por fim, recomendamos o Trabee Pocket para você viajar com a tranquilidade de saber os custos sem se assustar com as taxas de câmbio.

Agora é só juntar todas essas super dicas e começar a planejar uma viagem incrível com direito a muitas lembranças sem deixar de economizar e sem se assustar com imprevistos!

E para saber mais dicas acompanhe o blog do Yours Bank, baixe o aplicativo e siga o Yours Bank nas redes sociais!

Tenho menos de 18 anos, posso fazer um cartão de crédito?

Tenho menos de 18 anos, posso fazer um cartão de crédito?

A resposta é sim e não.

Você pode ter um cartão de crédito, mas ele não pode gerar dívida

Você é de menor e é proibido, pela lei brasileira conceder crédito, gerar dívida para uma pessoa com menos de 18 anos. 

Por esse motivo, você pode ter um cartão de crédito, mas ele deve ser pré-pago.

Pré-pago, como um telefone pré-pago mesmo, você deposita o valor e pode usar o valor depositado em suas compras.

  • Mas isso não é um cartão de débito?
  • Não! Um cartão de débito geralmente está ligado a uma conta bancária e quando você utiliza ele, você usa o valor de sua conta corrente. 

Com um cartão de crédito, você não tem uma conta bancária. Apenas um cartão. Então você deposita o valor em seu cartão de crédito e pode utilizar. Entendeu?

Então, por que eu preciso da autorização dos meus pais para gerar um cartão?

Por que você é menor de idade. Eu sei, é um saco. Você já quer ter sua liberdade e autonomia. Mas temos que respeitar e estar em conformidade com as leis vigentes. 

E infelizmente, elas não permitem operações financeiras sem o consentimento de seu responsável.

Como posso fazer um cartão de crédito?

Simples, você pode usar o YOURS BANK.

Você precisa:

  1. Baixar o app YOURS BANK;
  2. Inserir suas informaçõe pessoais;
  3. Convidar os seus pais;
  4. Eles fazem o cadastro;
  5. E pronto, você já pode fazer o seu cartão virtual e pedir o seu cartão físico.

Baixe nosso App nos links abaixo:

Esses passos não demoram mais do que 5 minutos. É muito rápido, simples, e você pode fazer de qualquer lugar.

PRONTO! 

Bora pedir o seu YOURS CARD. É o primeiro passo para a sua liberdade financeira.

5 DICAS para economizar mesmo ganhando pouco

5 DICAS para economizar mesmo ganhando pouco

Se você acredita que ganha pouco deve estar achando quase impossível guardar dinheiro. Mas saiba que não é, inclusive eu chego a acreditar que pessoas que ganham menos tendem a ter maior controle do dinheiro.

Certamente, economizar ganhando pouco não é fácil. Para quem já tem um orçamento justo, conseguir poupar uma pequena parte do salário é bastante desafiador. 

Conheci uma empregada doméstica uma vez, que mesmo ganhando um salário mínimo consegui comprar a casa própria, carro e ainda viajava duas vezes por ano. Como ela fazia? Acho que ela conhecia Benjamin Franklin. Afinal, ele já dizia:

“Cuidado com as pequenas despesas. Basta um pequeno buraco para afundar um grande navio.” – Benjamin Franklin

Sendo assim, vamos para a nossa primeira dica.

 

1. Controle as suas despesas.

Fácil falar, difícil fazer.

Num momento difícil da minha vida, estava começando a empreender. Tinha pouca grana e tive que tomar muito cuidado. Cada moeda fazia a diferença. O que eu fiz?

Registrei tudo o que eu gastava. Criei uma planilha de Excel e colocava todas as despesas ali. Criei orçamento por despesa e ficava controlando como estava. 

Se eu podia apenas gastar R$ 100,00 por mês em lanches, eu registrava e ia acompanhando. 

Foi muito bom para mim, pois eu aprendi o real valor das coisas. E por muitas vezes, só de eu ter que colocar aquele gasto em algum lugar, eu deixava de comprar.

Hoje, você tem outras opções e não precisa fazer planilhas. Você pode utilizar apps como e para te ajudar.

 

2. Corte todos os gastos dispensáveis.

Agora você deve estar se perguntando o que é dispensável. Dispensável é tudo aquilo que você não precisa para sobreviver.

Netflix é dispensável, sim senhor. Você não vai morrer sem ela, embora pode pensar que sim.

Nosso orçamento tá cheio de coisa que não dá em nada. Spotify, Netflix… contas que vão somando todos os meses. Como a gente nunca pare de assinar, elas se somam. Aí, junta a isso aquele gasto a mais comprando skin e aquela blusinha. Pronto. Lá se foi o seu orçamento.

Esses gastos extras podem compor até 60% de seus gastos totais. Tome cuidado!

Na dúvida, não tem dúvida. Corte.

 

3. Pague as contas a vista, e no mesmo dia.

Nunca ninguém te falou. Mas os juros são o seu maior inimigo.

Isso mesmo, os juros. 

E se você deixar de pagar uma conta, esquecer, ou deixar para o mês seguinte, sabe quem entra em ação? É ele, o seu maior inimigo.

Você não deveria ter feito conta, mas agora que fez, pague. E faça isso a vista, o mais rápido possível. Não deixe acumular. E nunca, mas nunca, nunca mesmo pague alguma conta com o seu cartão de crédito. Os juros do cartão são os piores.

Mude todas as suas contas para o mesmo dia que cai o seu salário, aproveite e pague tudo em dia.

 

4. Evite gastos diários na rua.

Já parou para pensar o quanto você já gastou essa semana na rua? Sério, para aí e faz a conta. Vale tudo, salão de beleza, docinho, padaria, aquele cafézinho… vai somando tudo isso. É muita coisa.

Por isso, vale a primeira dica, registre tudo. Você vai ver o quanto gasta fora de casa. Saber já é o primeiro passo, aí você passará a evitar esses gastos também.

 

5. Controle as suas despesas.

Digo mais, pense 3 vezes. A sua compra só pode ser feita se sobreviver a essas 3 perguntas:

  • Eu preciso disso?
  • Eu tenho dinheiro para comprar a vista?
  • Preciso comprar isso agora?

Se você responder elas, sinceramente, e sua vontade de comprar ainda sobreviver. Pronto. Pode ser uma boa aquisição. Mas sinto te informar, geralmente o seu desejo de compra não sobrevive a essas perguntas.

E sempre leve em consideração se você precisa mesmo de 3 camisetas ou 1 já é o suficiente, ou se o plano de sua internet precisa ser aquele com muitos megas mesmo ou se um plano mais simples funciona.

Lembre-se: “Dinheiro é a solução e não um problema!”

Saiba usá-lo a seu favor, e não o contrário. Se você manter seus gastos abaixo de seu salário e sempre investir um pouco, tenho certeza que logo logo dinheiro não será mais uma preocupação em sua vida.