6 Verdades que poucos sabem sobre dinheiro

por | out 13, 2021 | Educação Financeira, Investimentos

Existe uma aura sobre o dinheiro que é preciso desmistificar. Muitos o consideram tão inalcançável, que isso os atrapalha na hora de economizar e investir. Por isso, é importante contar as “verdades” sobre dinheiro, para que você tenha mais informações e esse bicho de sete cabeças se torne mais palpável e acessível.

A lógica é simples: quanto mais você entende sobre alguma coisa, mais consegue controlá-la e usá-la a seu favor. E isso vale também para o dinheiro e sua vida financeira.

Então, veja agora algumas curiosidades sobre o mundo do dinheiro que nem todo mundo sabe.

1. A maneira mais rápida de começar a investir é cobrando impostos sobre si mesmo

Em seu livro, o investidor de risco canadense Kevin O’Leary diz que a maioria das pessoas se diz sem dinheiro o suficiente para investir.

E isso, adaptado ao mercado brasileiro, é verdade. Mas o que queremos que você entenda aqui, considerando que você não tenha dívidas atualmente, é o seguinte argumento do autor:

Se um dia o Governo decidir taxar todos os cidadãos mais R$ 100 por mês, você provavelmente daria um jeito de pagar, para evitar as multas e sanções. Iria apertar alguns gastos, descobrir como economizar mesmo ganhando pouco para cumprir essa obrigação.

Então, por que não cobrar essa taxa sobre você mesmo? Comece destinando R$ 100 (ou outro valor) todos os meses para um investimento de renda fixa, com baixo risco. Não importa o que aconteça, esse dinheiro deve ir sempre para lá e, com o restante da sua renda, você paga suas contas e consome com o que precisar e quiser.

Com o tempo, você terá criado o hábito de investir e pode começar a explorar outras modalidades de investimento com maior rentabilidade e diversificar sua carteira.

2. Dinheiro é ótimo, mas também é sujo

Ok, talvez sua mãe já tenha te contado sobre essa verdade sobre o dinheiro, mas é interessante reforçar. Ainda mais pelo momento pandêmico em que vivemos.

Sabia que 94% das notas estão contaminadas por bactérias (embora inofensivas ao ser humano) e 7% infectadas por patógenos perigosos à saúde, como vírus e fungos? Isso porque são ativos que estão sempre passando de mão em mão.

Por isso, sempre que mexer com notas e moedas, lave bem as mãos.

3. Brasil tem mais de 100 moedas além do Real

Sim, você até pode achar que o Real é a única moeda aceita nas cidades brasileiras, mas o Capivari, o Sabiá, a Palma, o Gostoso, a Mumbuca e tantas outras provam o contrário.

São as “moedas sociais”, um tipo de dinheiro lastreado à moeda nacional, mas que só valem no comércio local de determinadas comunidades.

Essas moedas são emitidas por bancos comunitários autorizados pelo Banco Central para incentivar a circulação de capital na cidade. Elas não substituem o Real (que permanece como a única moeda oficial), mas servem como um complemento à economia.

Para se ter uma ideia, a estimativa é que de 2015 a 2018 circularam pelo país cerca de R$ 42 milhões em moedas sociais.

4. Organização financeira não tem a ver com deixar de fazer o que gosta

A associação que muitas pessoas fazem é que para economizar você precisa cortar os gastos supérfluos, que geralmente estão ligados ao prazer – como ir a restaurantes, fazer viagens ou ir ao shopping. E isso acaba desanimando.

Mas ter organização financeira nada mais é que entender a sua renda e dividi-la de acordo com suas metas e prioridades. Se viajar todo ano é uma meta para você, basta distribuir sua renda e investir para que o dinheiro esteja disponível nesse determinado período.

É interessante que, antes de começar a investir, você estipule metas de curto, médio e longo prazo (como sua aposentadoria ou comprar um imóvel, por exemplo) e escolha títulos de investimento que atendam a esse planejamento. E, evidentemente, tenha controle financeiro.

5. Investir não é tão emocionante assim

A imagem dos investidores que passam a vida acompanhando seus investimentos aumentarem e caírem rapidamente está longe de ser a realidade da maioria das pessoas. Investir, na verdade, é entediante.

Isso porque os rendimentos caminham a passos muito lentos e você só consegue observar ganhos (ou perdas) significativas se investir quantias muito altas ou em modalidades mais arriscadas e voláteis e, mesmo assim, é difícil.

Você até pode fazer isso, é claro, mas para ter estabilidade financeira é importante ter também investimentos seguros.

De acordo com o economista Paul Samuelson, “se você quer emoção, pegue US$800 e vá para Las Vegas”.

6. Um empréstimo pode ser mais barato que o seu cartão de crédito

Primeiramente, é preciso quebrar a ideia de que cartão de crédito é dinheiro. Pelo contrário, seu cartão é dívida. Isso porque você está usando um valor que ainda não existe na sua conta e que será pago no mês seguinte.

A situação ainda se agrava se você não conseguir pagar a fatura integral. O rotativo do cartão tem juros altíssimos e, quanto mais tempo passa, maior será o seu endividamento.

Por outro lado, a imagem dos empréstimos costuma ser, justamente, de que você está entrando em uma bola de neve. Porém, existem diversos tipos de empréstimo que têm juros muito menores que os do cartão.

É o caso do empréstimo consignado, modalidade em que as prestações são descontadas diretamente da folha de pagamento do empregado. E essa forma de pagamento serve como uma garantia contra a inadimplência e que permite à instituição reduzir as taxas de juros.

A EmCash, parceira do Yours Bank, é uma fintech que foi criada com esse propósito: facilitar e democratizar o acesso ao crédito, por meio de empréstimos consignados privados e benefícios corporativos financeiros.

Estamos juntos na missão de levar mais Educação Financeira aos brasileiros. Quer conhecer mais sobre a EmCash? Acesse o link para o site ou siga nas redes sociais!

Leia mais:

Dinheiro importa! O dinheiro é importante! Pegou o trocadilho?

Para que serve um cartão virtual do YOURS?

Tenho menos de 18 anos, posso fazer um cartão de crédito?

Vem para a Yours!

Baixe agora nosso App:

Peça sua conta e cartão da Yours

Siga o Yours Bank